O Golpista do Tinder – Filme

0
104

Esse documentário me lembra aqueles filmes que acontecem coisas tão absurdas que parece que o diretor está duvidando da capacidade intelectual de quem está assistindo, porém é um caso real.
Assustador até onde vai a capacidade humana.

Mas enfim..

Reuni em tópicos alguns pontos importantes para você estar atento ao ver o filme.

– Lei do equilíbrio usada de forma consciente e indevida. Se eu dou mais o outro vai sentir na “obrigação” de me devolver. Muitos dão demais como forma de poder e controle sobre quem está recebendo, assim a alma do outro fica em dívida. Os bonzinhos demais, por exemplo.

– Desconexão com a realidade. Adultos se conectam com a realidade, crianças feridas, não.

– A busca pelo homem perfeito – A história do conto de fadas. – Qualquer pessoa que colocar a máscara do príncipe encantado vai ter um domínio sobre quem busca por ele, pois a mocinha vai fazer de tudo pra continuar vendo ele como príncipe ao invés de vilão.

– O quanto elas passaram por cima delas mesmas pra satisfazer e não perder o outro.

– Falta de limites consigo mesma.

– Não escutar a intuição. Não estar conectada consigo mesma. O que cada uma sentiu quando ele pediu dinheiro pela primeira vez?

– Cuidar com amores intensos demais. Via de regra é furada (existem exceções obviamente), principalmente furada emocional.

– Falta de controle emocional. Se deixar levar apenas pela emoção e deixar a razão de lado não é uma boa opção.

– Arquétipos pra demonstrar riqueza e passar a frequência de abundância. Tudo passa uma informação. Você tem cuidado com os arquétipos que usa no dia a dia? Que informação tem passado?

– Você vê no outro apenas o que ele quer que você veja. Não se iluda, não se compare.

– Você pode ter inocência, mas não seja ingênua.

Analisando o lado da psiquê humana, é um documentário bem complexo, pois envolve muitas questões.

Super recomendo.

Você já assistiu? O que você achou?
Quais aprendizados teve?

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here